Fragrance | Fragrância

leia em português

Empty infinity:
An enlightened space inside
Where my soul dances with you.
Silence is our music.

This ordinary air
I can’t breathe
For lovers only inhale
One another.

I spell out your name.
It echoes in me
Unpronounceable message
Flowing from my heart.

I surrender the “I”
“We” becomes one.
——–
Now language is bare of pronouns.

Let the story be written
With verbs
The very soul of every being:
Fragrance.

Share this bread.
Life can only be
Where Love is.
Let music play!

May 22, 2020
(written during quarantine -- day 65)

Read other quarantine thoughts in:
Quarantine Within


There is more! Poetry and other thoughts here:
Love Thoughts
&
Meditation

read it in English

Infinitude vazia:
espaço iluminado dentro de mim
onde minh’alma dança com você.
Silêncio é nossa música.

Este ar sólito,
não consigo respirar;
amantes inspiram apenas
um ao outro.

Soletro seu nome.
Ele ecoa em mim
impronunciável mensagem
que flui do coração.

Entrego o “eu”
“Nós” se torna um.
——–
A linguagem agora é desprovida de pronomes.

Permita à história ser escrita
com verbos,
alma própria de cada ser:
fragrância.

Compartilhe este pão.
Vida haverá apenas
onde o Amor é.
Que toque a música!

22 de maio, 2020
(escrito durante a quarentena -- dia 65)


Leia outros pensamentos de quarentena em:
Quarentena dentro de mim


E tem mais! Poesia e outras reflexões aqui:
Love Thoughts
&
Meditation

Day 15 – Silent Scripture | Escritura silenciosa

🇧🇷
April 01, 2020

Listen!

The silent Scripture
Speaks to us.
It sings the morning,
Darkens and brightens
And showers the moments:
Love flows.

The divine Scripture
Speaks to us.
It flaps its wings and
Swims down deep,
Shaking and cracking the ground
In every heartbeat.

“Feel the Scripture,
Wake up from your sleep,”
Says the Night Flower.
“Cling not to your dreams and
Praise the Truth,
For life expects You.”

Now.


Would you like to read previous days? Click bellow:
Quarantine Within


There is more! Poetry and other thoughts here:
Love Thoughts
&
Meditation

🇺🇸
01 de abril, 2020

Escute!

A Escritura silenciosa
conversa conosco.
Ela canta a manhã,
escurece e clareia
e inunda os momentos:
o Amor flui.

A Escritura divina
conversa conosco.
Ela bate as asas e
nada no fundo,
sacudindo e quebrando o solo
em cada batida do coração.

“Sinta a Escritura,
desperte de seu sono,”
disse a Flor da Noite.
“Não se apegue aos sonhos e
louve a Verdade,
porque a vida espera Você.”

Agora.


Quer ler sobre dias anteriores? Clique no link abaixo:
Quarentena dentro de mim


E tem mais! Poesia e outros pensamentos aqui:
Love Thoughts
&
Meditation

Day 4 | Dia 4

🇧🇷
Quarantine Within
March 20, 2020

It is not enough to think you have a soul; you have to realize it. I learned that from my Master.

Realize: to conceive as real; to be fully aware. When you awake and realize you are not that body but rather the energy that moves it, you also realize that any being is beyond what you see. Therefore, there will be no room for judgments, and you will be able to feel what shines in you, and in other beings. You will touch the real.

Every heart shines like the sun. And the sun shines on everyone. Even when there are clouds in the sky, the sun is shining.

This is a pic from last week when I meditated by the ocean. I’m sending out my Love through it.

We are like the ocean: on the surface, agitated, but deep down there is only silence. I also learned that from my Master.

When we dive deep into ourselves, we reach our heart, where there is silence, where there is Love. And that is real – nothing disturbs it. Love, soul, godliness, call it as you may, but the most important thing is to never ignore that we are all the same once we pass through the waves — ego, power games, material desires — we are oceans of endless Love.

Once we realize that, we can all connect in a deeper level, noticing the light in every heart.

To meditate is to reach the individual silent space; it is to be in touch with the true Self, noticing the energy and going beyond the body. So, “die before you die”. Let go of your mind, your body, the material world surrounding you, and step into the moment, dive into your Self, and feel your silent soul.

May all the beings find peace and silence!

Other meditations I’ve done today:

Dance and Chant Meditation:
1. Open up room so you can move around freely without hurting yourself bumping into furniture.
2. Set up a playlist with your favorite chants – devotional, rock’n’roll, folk music, any song you really enjoy.
3. Gently close your eyes, relax your shoulders, let your arms fall beside your body, feel your legs light and loose.
4. Hit “Play” and allow the music to touch you deep inside, making you move and chant freely. Don’t control yourself! Just live the moment. The Now! Let it be!

Cooking Meditation:
1. Plan your menu, check if you have everything needed.
2. Now start preparing your meal! Focus on your gratitude and be aware of every movement you do. There is no need to rush. Enjoy the moment.
3. I practice cooking meditation daily at lunchtime, listening to my Master. But it can be done at any time, of course; and it is also effective when we do it in complete silence.

Today’s menu:
Eggplant with onion and garlic; broccolis with garlic and chickpeas; sweet potato; orange and watercress juice.

Rio de Janeiro, (ca.) 9:30 pm

Would you like to read about yesterday? Click bellow:
Day 3


There is more! Poetry and other thoughts here:
Love Thoughts
&
Meditation

🇺🇸
Quarentena dentro de mim
20 de março, 2020

Não é suficiente pensar que você tem uma alma; você precisa realizá-la. Aprendi isso com meu Mestre.

Realizar: conceber como real, de forma nítida; dar-se conta. Quando você desperta e se dá conta de que não é esse corpo, mas sim a energia que o move, você também se dá conta de que qualquer ser está além daquilo que você vê. Portanto, não haverá espaço para julgamentos, e você será capaz de sentir o que brilha em si e em outros seres. Tocará o real.

Todos os corações brilham como o sol. E o sol brilha para todas as pessoas. Mesmo quando há nuvens no céu, o sol brilha.

Esta é uma foto da semana passada, quando meditei perto do oceano. Através dela, envio meu Amor.

Somos como o oceano: na superfície, agitados, mas lá no fundo há apenas silêncio. Também aprendi isso com meu Mestre.

Quando mergulhamos fundo em nós mesmos, alcançamos o coração, onde há silêncio, onde há Amor. Isso é real — nada perturba isso. Amor, alma, divindade, chame como quiser, mas o mais importante é jamais ignorar que somos iguais, uma vez que atravessamos as ondas — ego, jogos de poder, desejos materiais —; somos oceanos de infinito Amor.

Quando nos damos conta disso, conseguimos nos conectar em um nível mais profundo, observando a luz em todos os corações.

Meditar é alcançar o espaço silencioso individual, é estar em contato com o verdadeiro Eu, observando a energia e indo além do corpo. Portanto, “morra antes de morrer”. Desapegue-se da mente, do corpo, do mundo material ao redor, e entre no momento, mergulhe em seu Eu e sinta sua alma silenciosa.

Que todos os seres possam encontrar paz e silêncio!

Outras meditações de hoje:

Meditação da dança e do canto:
1. Abra espaço para se movimentar livremente sem se machucar esbarrando na mobília.
2. Prepare uma playlist com suas canções prediletas – devocionais, rock’n’roll, música caipira, qualquer uma de que você realmente goste.
3. Feche os olhos com delicadeza, relaxe os ombros, deixe os braços soltos ao lado do corpo, sinta as pernas leves e soltas.
4. Aperte o “Play” e permita que a música toque você por dentro e faça com que se movimente e cante livremente. Não se controle! Simplesmente viva o momento. O agora! Deixe ser!

Meditação ao cozinhar:
1. Planeje seu cardápio, verifique se tem tudo de que precisa.
2. Agora comece a preparer a refeição! Mantenha o foco em sua gratidão e estaja atento a todos seus movimentos. Não há necessidade de se apressar. Aproveite o momento.
Pratico meditação ao cozinhar diariamente na hora do almoço, enquanto escuto meu Mestre. Mas pode ser a qualquer hora, obviamente, e também é eficiente quando fazemos isso em silêncio total.

Cardápio de hoje:
Berinjela com cebola e alho; brócolis alho e grão-de-bico; batata doce; suco de laranja e agrião.

Rio de Janeiro, 21:30 (aproximadamente)

Quer ler sobre ontem? Clique abaixo:
Dia 3


Tem mais! Poesia e outros pensamentos aqui:
Love Thoughts
&
Meditation

The Dance of Flames | A dança das chamas

🇧🇷 🔈
We share our heat
In the cold night.
Lovers who are
the same light.

My heart is your continent,
I’m a traveler in you.
While I dive into your existence,
We dance like flames.

It is the dance of
Light and color.
Heat of love.

Silently burning:
Absolute fire
In paradise.
May all beings find Love and dance in Paradise.
Life, Peace and Love for all
Bhuvi ♥︎ૐ

🔈 🇺🇸
Compartilhamos nosso calor
na noite de frio.
Amantes, somos
a mesma luz.

Meu coração é seu continente,
sou viajante em você.
Enquanto mergulho em sua existência,
dançamos como chamas.

Dança de
Luz e cor.
Calor e amor.

Queima em silêncio:
Fogo Absoluto
no Paraíso.
Que todos os seres encontrem Amor e dancem no Paraíso.
Vida, Paz e Amor para todos os seres
Bhuvi ♥︎ૐ

Read more here:
[Leia mais...]
Love Thoughts
&
Meditation

When You Found Me | Quando você me encontrou

🇧🇷
I was walking
In my sleep
Had eyes but could not see.

Doors were wide open.
But what good could that be
When my mind
Worked as shackles
Hindering my being?

Then you found me

I was reborn
Inside out,
Saw what cannot be (un)seen,
While hearing the silent tone
Of real Love.

Now that you
Have found me
The sweet taste of life
Impregnated my soul.

In you
I see my heart.
In my heart
I see you.

We dance
Like flames.
May all beings experience real Love
Life and Peace
Aum Shanti, Shanti, Shanti
Bhuvi
♥︎ૐ

🇺🇸
Eu caminhava sonâmbula,
tinha olhos,
mas não conseguia enxergar.

Portas estavam escancaradas.
Mas de que isso adiantaria
quando minha mente
trabalhava como grilhões
a impedir meu Ser?

Então você me encontrou

Eu renasci
de dentro para fora,
vi o que não pode ser (des)visto,
enquanto ouvia a silenciosa melodia
do Amor verdadeiro.

Agora que você
me encontrou,
o doce sabor da vida
impregnou minh’alma.

Em você
vejo meu coração.
Em meu coração
vejo você.

Dançamos
como chamas.
Que todos os seres possam viver o Amor verdadeiro
Vida e Paz
Aum Shanti, Shanti, Shanti
Bhuvi
♥︎ૐ

Read more here:
[Leia mais...]
Love Thoughts
&
Meditation

Subtle Presence | Presença Sutil

🇧🇷🇺🇸

Only the soul senses
Subtle presence.
Where there are
no boundaries for
one’s end and
the other’s beginning.

You embrace with no arms
Kiss with no lips, and
Speak in silence.

I recite your name.
You flow vibrating
In the rhythm
Of my temple—
Where you dwell.

My soul sings
your subtle presence.
Where we are edgeless:
One loving existence.
Listen…

🇺🇸🇧🇷

Somente a alma sente
a presença sutil.
Onde limites
inexistem entre o
fim de um e
início do outro.

Você envolve sem braços,
beija sem lábios e
fala em silêncio.

Recito seu nome.
Você flui, vibra
no ritmo do meu templo—
sua morada.

Minha alma canta
sua presença sutil.
Onde somos sem margens:
Uma única existência amorosa.

Love, Life, and Peace among all beings
Aum Shanti, Shanti, Shanti
Bhuvi ♥︎ૐ

Read more here:
[Leia mais...]
Love Thoughts
&
Meditation

Seeker of Truth | Buscadora da verdade

🇺🇸 🇧🇷

Seeker of truth— 

Seeking awareness beyond the ego,
She surrendered to the heart,
Moving closer to
The source of life.
(Real Love
The Absolute:
God within.)

Jumping off the merry-go-round,
She let go of the burden,
Deconstructing patterns:
Behind is graveyard.

(On the highest
Mountains, One
Relearns breathing)

Questioning the present,
She grew to be a child,
Becoming free like a sage:
Ahead is nothing.

(Have you ever asked yourself
Who is looking out
The window of your soul?)

—Now she is free.


🇧🇷🇺🇸

Buscadora da verdade—

Ao buscar a consciência além do ego
ela se entregou ao coração,
aproximando-se
da fonte de vida.
(Verdadeiro Amor
O Absoluto:
Deus interior.)
Ao saltar do carrossel
ela se desapegou do fardo,
desconstruindo padrões:
atrás é cemitério.
(Nas mais altas
montanhas,
reaprende-se a respirar.)
Ao questionar o presente
ela cresceu e se tornou criança,
sendo livre como um sábio:
à frente é nada.
(Você já se perguntou
quem olha para fora,
pela janela de sua alma?)
—Agora ela é livre.

Aum Shanti, Shanti, Shanti
Let there be
Life, Peace, and Love for all beings.
Bhuvi ♥︎

Read more here:
[Leia mais...]
Love Thoughts
&
Meditation

The Desert | O deserto

English + Portugês

For in the desert,
It is alone and in silence
That I survive.

Otherwise, I might get lost
In strange paths
Following unbelonging steps —
They lure but never inebriate
(Love does).

When the Lion roars
The eyes of my soul are wide open.
I have faith, and
Become the very journey,
The truth, which is sharp
As a razor blade,
The path with no return.

No past.
No future.
No mind.
No concepts.
Just Being.


Porque no deserto,
é sozinho e em silêncio
que o Eu sobrevive.

De outra maneira, o Eu pode se perder
em caminhos estranhos
seguindo passos não pertencentes —
eles seduzem mas não inebriam
(Amor sim).

Quando o Leão ruge
os olhos de minha alma estão bem abertos.
Tenho fé,
E me torno a própria jornada,
a verdade que é afiada
como a lâmina de uma navalha,
o caminho sem retorno.

Sem passado.
Sem futuro.
Sem mente.
Sem conceitos.
Apenas Ser.



Peace, Life, and Love for all beings
Bhuvi ♥︎

Read more here:
[Leia mais...]
Love Thoughts
&
Meditation

With no Time to Love Himself | Sem tempo para amar a si mesmo


🇧🇷 🇺🇸
Poetry reading 🔈

With no time to love himself
He ended up
Losing himself.

He thought those objects—
Valuable metals in the market—
Were pieces to make up
Power he wanted,
Understanding it
Would bring to life
A perfect him.

Wrong and lost—
He mourned,
Shouting his pain
Disguised in words of command.

Weak and tired—
Little did he know:
Perfection dwelled in him
(as it does in you)
All along.

There came a Spring day.
He could no longer 
Dictate himself 
To be another self,
And traveled back home,
Where lives and Nature 
Are all One.

🇺🇸 🇧🇷
Leitura do poema 🔈

Sem tempo para amar a si mesmo
ele acabou
perdendo a si mesmo.

Pensou que aqueles objetos —
valiosos metais no mercado —
fossem peças para construir 
o poder que ele queria,
pensando que isso daria vida
à sua perfeição.

Equivocado e perdido —
lamentou, gritando sua dor
disfarçada em palavras de ordem.

Fraco e cansado —
mal sabia:
a perfeição tinha morada nele
(assim como em você)
eternamente.

Chegou um dia de primavera.
Ele já não podia ser seu próprio ditador
para se tornar um outro indivíduo,
e viajou de volta para casa,
onde vida e Natureza
são Um.

Poetry Reading | Leitura do poema

Peace, Love, and Life for all beings ૐ 
Bhuvi ♥︎

Read more here:
[Leia mais...]
Love Thoughts
&
Meditation